Pacientes

DTM e depressão - por Dr. Rodrigo Wendel

O mês de setembro nos lembra a conscientização em relação a prevenção ao suicídio. A maior parte dos casos está ligada à problemas emocionais, como ansiedade, pânico e depressão. Por isso, o post de hoje nos traz uma reflexão sobre a DTM e sua relação com as questões psicológicas. 

A DTM (Disfunção Temporomandibular) afeta a saúde bucal, fazendo com que as pessoas possuam dores no maxilar, dificuldade de mastigar e estalos ou travamentos das articulações da mandíbula.

Porém, esse problema também pode afetar a saúde mental do paciente, impactando o seu bem-estar emocional, fazendo com que os pacientes com DTM crônica apresentem um alto risco de depressão, síndrome do pânico ou transtornos de ansiedade, devido à dor e desconforto presentes por um longo período de tempo.

Para tratar essas questões, é necessário que o paciente consulte um psiquiatra e um psicólogo, em sincronia ao tratamento da DTM, feito pelo cirurgião-dentista especialista em DTM.

Autoria: Dr. Rodrigo Wendel

❗Lembre-se de procurar ajuda profissional quando sentir algum sintoma, como tristeza excessiva, ansiedade generalizada ou pensamentos destrutivos. Você não está sozinho!
« Voltar